.backtotop { position: fixed; bottom: 20px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ } .backtotop:hover { background-color: #333333; /* color of background on hover over */ color: #ffffff; /* color of text on hover over */ text-decoration: none; /* no underline */ bottom: 10px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ padding: 10px; /* add space around the text */ } -->

04/01/2018

|Primeira resolução do ano: inspira, expira e repete |


Regressa uma mulher à vidinha normal, após umas férias dedicadas às festividades, anda a fazer a ronda da praxe pela blogosfera e com o que é que tem de levar? Com as resoluções para o novo ano, pois claro.
Não sou gaja de resoluções de início de ano (tenho os meus objetivos e desejos, claro, mas não gosto de sujeitá-los a um acontecimento que funcione como interruptor), respeito quem as tenha, não tenho é grande paciência nenhuma para posts relacionados com o tema, e olhem que os há aos molhos.
Verdade seja dita, as pessoas - eu incluída - estão a marimbar-se para as resoluções das outras, por isso poupem-nos à epidemia anual, pode ser?
É que se ainda fossem resoluções com interesse, algo de original e inovador, até podiam suscitar a atenção, mas elas são mais do mesmo; na maior parte dos casos são tão vulgares que me fazem lembrar a contagem de carneirinhos para o sono chegar. Do género:

Em 2018 quero:
- Emagrecer/começar a frequentar o ginásio/fazer uma alimentação mais saudável;
- Viajar mais;
- Ver um filme por semana/ler um livro por mês;
- Mudar de emprego.

Minha gente, alguém tem de vos dizer isto: essas resoluções são as mesmas de cerca de 97,5% da população, não é preciso partilhá-lo porque já o sabemos e, pasmem-se, até desejamos o mesmo para nós. 
Pior mesmo só as resoluções das pessoas com tendências para o desenvolvimento/valorização pessoal ou o raio que as parta:

Em 2018 quero:
- Ser mais feliz;
- Acreditar mais em mim/valorizar-me;
- Aprender a dizer não;
- Conhecer-me melhor.

Porra, não há paciência. Não tenho nada contra quem tenha este tipo de anseios (hum, para ser sincera irrita-me um bocadinho) mas podiam guardá-los para si, não é? Se, ainda assim, tiverem uma grande necessidade de partilha, inventem umas resoluções que suscitem uma pontinha de interesse. 
Como sou uma fofa, deixo aqui algumas a título exemplificativo, podem levar à vontade:

Em 2018 quero:
- Ver a filmografia inteirinha do Manoel de Oliveira sem adormecer;
- Visitar a Coreia do Norte e publicar uma selfie no Insta com o Kim Jong-un;
- Fazer o pino só com uma mão (este objetivo deve estar concretizado em maio); 
- Ler um livro por mês em braille (se o pretendido for uma resolução avançada então deve começar-se pelo Principezinho e terminar com Os Maias).

Ah, deixem-se disso, não têm nada que agradecer.

17 comentários:

Sofia disse...

Ahahahah!
Claramente as pessoas que falo no meu post encontram-se incluidas no 1º grupo. ;)

ovelha negra disse...

alguém que me percebe, aleluia! :D

Dona de Casa disse...

Phonix puseste lá tudo...se bem que ir à Coreia do Norte servia quer de objectivo de viagem como de dieta e assim como assim eram 2 resoluções em 1 (e estou a ser sarcástica claro, que aquela gente tb passa um mau bocado, coitados...)

As Coisas Dela disse...

Ahahah tive que me rir porque concordo e achei imensa piada a como falas do assunto! Só quero acrescentar que não em importava nada de começar a fazer o pino só com uma mão! ahah Feliz ano novo! Beijinhos*

maria madeira disse...

Marta, isto é que foi desabafar. Pareceu-me muito bem o texto, balanços e resoluções em catadupa, é coisa capaz de fazer um santo perder a paciência. :)

Sofia disse...

Eu gosto particularmente das resoluções para emagrecer, que duram 2 semanas =P

Enfim..Unhas disse...

muito legal a postagem!!! adorei o ponto de vista!! super curti bjo
te seguindo!
http://unhasdaraquel.blogspot.com

Carolina Ferreira disse...

Obrigada, querida, para ti também!
Bem-Me-Quer

Mena Almeida disse...

Ó pah eu sei que não tem nada a ver.. mas fizeste-me lembrar as correntes do FB ahahahahahah
Jokas

Hellen Henriques disse...

A mim é algo que não me aquece, nem me arrefece mas a verdade é que há pessoas que exageram até porque os objetivos são sempre os mesmos todos os anos!

Beijinhos, Hellen Henriques ♥
https://instantesimprovaveis.blogspot.pt

Rosana Vieira disse...

Olha, post original bem era preciso! Aparentemente penso como tu, mas não conseguia colocá-lo em palavras. Eu a pensar que raio de post podia fazer relacionado com o início do novo ano e nada. Aparentemente era o meu sub-consciente a evitar esse tipo de coisas ahah.
Um ótimo ano para ti! Quero ver esse pino :P
Beijinhoos

Automatic Destiny

Carlos disse...

É por isto mesmo e como expliquei num artigo recente, não faço resoluções a longo prazo mas sim diárias!
A longo prazo esqueço-me delas e não as cumpro, diariamente não corro tantos riscos de me esquecer...
Heheheh.
Beijinho

m-M disse...

O que me ri... e arrepiei com a ideia de um selfi com o Kim :s

(Maria) Inês disse...

Sou uma velha retornada aqui à blogosfera. Adorei o teu blog, este post e principalmente o post que fizeste sobre o Porto!

Beijinhos,
Inês

https://eunaosouamariaines.blogspot.pt/

Ana Freire disse...

Ahahahahhahahaha!
Finalmente percebi... porque nunca fiz um post desses... porque penso como tu!... :-D
Como dizia o Prof. Agostinho da Silva... nunca faço planos para a vida, porque a vida tem os seus próprios planos para mim...
Bjs! Bom fim de semana
Ana

Louca por porcelana disse...

Ótimo post,muito engraçado...Em inglês,"so cool",em carioquês e a me trair a idade,"manero"!Abraços!

A Estilografa disse...

É isso mesmo, essas são as verdadeiras e mais importantes resoluções de ano novo!

Beijinhos
http://aestilografa.blogspot.pt/