.backtotop { position: fixed; bottom: 20px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ } .backtotop:hover { background-color: #333333; /* color of background on hover over */ color: #ffffff; /* color of text on hover over */ text-decoration: none; /* no underline */ bottom: 10px; /* increase value to move position up */ right: 0px; /* increase value to move position left */ padding: 10px; /* add space around the text */ } -->

30/08/2015

| Um vestido boho |

De inspiração boho, apaixonei-me por este vestido em três tempos: adoro o corte, o pormenor da cintura descida, as cores, a mistura de padrões. É ótimo para estes dias de (ainda) verão - apesar de ser de manga comprida, o tecido é fino e leve. 
Juntei-lhe as sandálias super confortáveis e a clutch da mesma cor das sandálias, para quebrar os tons do vestido e siga, 'bora para a rua! :)
 








Vestido c/o daqui, sandálias Sprinfield, clutch Atmosphere


Instagram: @fashionoirblog

28/08/2015

| Finalmente um detalhe leopardo que me agrada |

Gosto do padrão leopardo, salvo raras exceções, em pequenos apontamentos, e depende do tipo de padrão (há alguns dos quais não gosto mesmo nada).
Quando já tinha desistido de encontrar algo com que me identificasse, dou de caras na Parfois com essas meninas aí em baixo, a um muito apetecível preço de saldo (quer dizer, encontrei na Zara uns botins maravilhosos neste padrão mas, infelizmente, não havia o meu tamanho).
Claro que as trouxe para casa porque, além de serem um dos raros exemplares que procurava, parecem-me perfeitas para o outono.
Aahh, e por falar em sabrinas da Parfois, fiquem atentas/os já que, em breve, tenho uma surpresa boa!





Instagram: @fashionoirblog

26/08/2015

| Um look para um dia especial |

Estou de volta ao trabalho, depois de dias solarengos passados em família (que me fazem tão bem), de praia e de passeios, de leituras e séries.
Regresso cheia de energia e vontade de fazer coisas (boas).
Retomo o ritmo normal aqui no blog com o look que usei no batizado do principezinho, que aconteceu há quase duas semanas. Para não variar, apostei na simplicidade, com um vestido de corte direito muito sóbrio mas, na minha opinião, muito bonito, que complementei com acessórios very summer já que, embora não pareça, estávamos no pico do verão. 








Vestido e stilletos Zara, clutch Suiteblanco, pulseiras Parfois


Instagram: @fashionoirblog 

25/08/2015

| Dos filmes a não perder |



Do realizador chileno Sebastián Lelio (2013), este filme retrata a vida de uma mulher quase nos 60, divorciada e com os filhos criados e independentes. É, no fundo, uma história sobre a solidão e sobre as formas que arranjamos para tentar fugir dela.
Podia ser um filme perfeitamente banal - mas não é -, e a sua simplicidade jamais pode ser confundida com superficialidade.
E Gloria - interpretada por Paulina García, que é, na minha opinião, brilhante (Paulina ganhou o Urso de Prata de melhor atriz no Festival de Berlim de 2013 com este papel) - é tudo menos banal. Muito mais do que isso, é uma grande, grande mulher, de uma singularidade muito especial.
A ver, definitivamente.
  
Instagram: @fashionoirblog

21/08/2015

| Até pareço uma chef |

Embora não seja muito dada à cozinha (por vezes até gosto de cozinhar, mas o que me agrada mesmo é comer), há muitos anos inventei um prato. E gosto tanto, porque é saboroso e bonito na mesma medida, que o faço variadíssimas vezes e sabe-me sempre bem.
Ei-lo:



Dei-lhe este nome porque a conjugação das cores me faz lembrar esta estação - e digam-me, dá ou não vontade de provar?
Então aqui fica a receita, simples mais simples não há:

Ingredientes (para 2 pessoas)
. Esparguete
. Duas costeletas de porco
. Dez delícias do mar
. Uma chávena de ervilhas
. Uma chávena de cenoura laminada
. Frutos secos à escolha
. Sal, pimenta, alho em pó e óregãos q.b.


Preparação:
Antes de mais quero avisar que tentei dar as medidas certas, já que preparo este prato a olho, mas acho que vai correr tudo bem! :)
Então é assim:
As costeletas são cortadas em bocados, levadas ao lume em azeite e temperadas com um pouco de sal, pimenta e alho.
Quando começarem a ficar alouradas, e com o fogão em lume brando, junta-se as delícias cortadas em pequenos cubos, as ervilhas e a cenoura, deixando a cozinhar durante uns 3 ou 4 minutos.
Enquanto isso, coloca-se o esparguete a cozer, somente com um pouco de sal e uma colher de sopa de manteiga. Convém que o esparguete fique al dente.
Entretanto, verifica-se se é necessário juntar sal à mistura que está a cozinhar (à partida não será preciso, já que as delícias são salgadas).
Mesmo no final, acrescenta-se os frutos secos, à escolha do freguês (eu juntei os que tinha lá por casa, o que englobou sementes de girassol, sultanas, noz, ameixa e caju). Passados dois minutos junta-se o esparguete, envolve-se e tempera-se com óregãos a gosto.
Gosto de, antes de servir, verter um fio de azeite.  
Bon apétit!


Instagram: @fashionoirblog

19/08/2015

| Ladylike |

Vi esta saia em fim de saldos e nem quis acreditar no seu preço. Nem que ela ainda existia. 
Mas estava mesmo lá e fiquei tão contente, porque ela é tão eu!
No dia em que estas fotos foram tiradas estava particularmente inspirada (as dicas do fotógrafo ajudaram muito), o que fez com que esta sessão fosse muito divertida, comigo a tentar fazer poses de menina-mulher dos anos 50.
Ora espreitem: 










Saia Suiteblanco, blusa e sandálias H&M, clutch Vogue


Instagram: @fashionoirblog

16/08/2015

| Propostas a pensar no outono |

Embora gostasse que o verão nunca tivesse um fim, sei que isso não vai suceder (alguém tem por aí lenços de papel?). E já que o outono, mais tarde ou mais cedo, nos vem visitar, mais vale recebê-lo em grande estilo, certo?
Andei, por isso, a cuscar as novidades no site da Zara, e deixo-vos com algumas das peças que mais gostei. Tão giras, que até já me sinto psicologicamente melhor preparada para enfrentar as estações mais frias que por aí vêm.

Instagram: @fashionoirblog


12/08/2015

| Centro - Norte - Centro - Sul - Centro |

Vai ser este o meu roteiro dos próximos dias. Um salto ao norte para o batizado do mais pequeno (tão cutxi cutxi) da família, regresso a casa e, logo no dia seguinte, rumo ao sul para uns dias de  puro dolce far niente pelas nossas praias algarvias.
Embora o blog vá estar mais paradito (mas vou atualizando, já sabem que nunca me esqueço de vocês), podem acompanhar-me pelo Instagram, onde conto dar-lhe com força! :)
Até já.




Instagram: @fashionoirblog

10/08/2015

| Por vezes só é preciso um chapéu |

Para fazer sobressair o chapéu, comprado numa loja de comércio tradicional - adoro-o, cada vez gosto mais de chapéus com abas enormes -, optei por uma roupinha super simples e confortável: as calças skinny, um top básico-mais-básico-não-há, as sandálias pau para toda a obra (estou numa fase em que me apetece andar quase descalça, tanto que tenho exatamente o mesmo modelo em branco) e a carteira de inspiração boho.
A isto juntei um par de anéis e os meus (inseparáveis) óculos de sol e já está!  









Calças e top Zara, sandálias H&M, mala Springfield 
(não sei a marca do chapéu)


Instagram: @ fashionoirblog

08/08/2015

| Então e livros? |

Um prédio em frente ao mar. As dúvidas, medos, inseguranças, dores e angústias de quem lá vive.
Assim se pode resumir 'Debaixo de algum céu', do português Nuno Camarneiro que, com esta obra, ganhou o Prémio Leya 2012.
Se estão à procura de livros leves de verão, esqueçam este: é profundo e intenso, quase violento, levando-nos a questionar a todo o tempo o que fazemos com as nossas vidas.
A sua leitura mexeu muito comigo, revi-me em muitas das suas afirmações e interrogações, absorvi as emoções como se fossem minhas.
Apesar de não ser um livro fácil, porque nos lembra que a vida não é cor de rosa e que vivemos povoados de fantasmas, é imperdível, exatamente (também) por nos lembrar que a vida não é cor de rosa e que vivemos povoados de fantasmas.




Instagram: @fashionoirblog

04/08/2015

| Caravela Gourmet |

Perfeito, perfeito é fechar o ciclo Barcelona (buáááá) em português. E como? - perguntam vocês. Eu explico.
Durante a nossa estadia fomos assistir a um concerto do Jorge, um amigo que é músico e que reside na cidade (podem ficar a conhecer mais aqui). Sabíamos que o concerto ia acontecer num espaço português, e foi assim que conheci o Caravela Gourmet (fica na Carrer de Manso, 13).
Depois de algumas viagens a Barcelona para ir visitar a irmã, o Hugo Madeira, proprietário do espaço, decidiu mudar-se para aquela cidade e, com o apoio da Alexandra, a sua mulher, em julho de 2014 abriu esta loja com degustação, onde se podem encontrar vários produtos nacionais mas, principalmente vinhos, licores, cervejas, conservas, queijos, doces e outros produtos de alimentação de qualidade superior.
Podia tentar descrever o conceito, mas o Hugo fê-lo na perfeição: o Caravela Gourmet é ainda 'um espaço de reunião dos portugueses em Barcelona, e de todos os catalães que querem conhecer mais e melhor o espírito e cultura portuguesas. É nesta filosofia que apresentamos espectáculos de vários tipos (principalmente musicais), organizamos exposições, e estamos neste momento a montar uma pequena <biblioteca>, para todos os que queiram ler em português, miúdos e graúdos, nativos ou aprendizes.'
Porque fui muito feliz neste bonito local (tudo por culpa da boa música do Jorge e do queijo maravilhoso que o Hugo nos serviu, acompanhado de um rosé fresco suave), e porque gosto de valorizar o que é nacional e o que é bom, não podia deixar de partilhar este espaço.
Hugo, espero repetir em breve o queijo. 
Até lá! :)










Instagram: @fashionoirblog